Preço da carne fica mais caro, com reajuste é maior que inflação em 2016

As oportunidades são voltadas para estudantes de áreas variadas como Engenharia, Comunicação, Direito e Administração

A carne bovina de primeira está indigesta para os paraenses: o motivo é o preço, já que cortes como coxão mole, cabeça de lombo e paulista tiveram um aumento de aproximadamente 8% no ano de 2016, conforme aponta pesquisa do Departamento Intersindical de Estudos Socioeconômicos (Dieese).

De acordo com a pesquisa, os cortes mais nobres do boi custavam, em média, R$ 20,36 por kg no final de 2015. Em julho de 2016, este valor saltou para R$ 21,93. Segundo o economista Roberto Sena, o aumento é acima da inflação do período, que está estimada em 5,75%.

Ainda de acordo com os economistas, apesar do Pará ser um dos maiores produtores de carne bovina do Brasil, a tendência é que a alta de preços se mantenha durante o mês de agosto. A alternativa para os consumidores é buscar outras fontes de proteína, como cortes menos nobres e a carne de frango.

Reprodução: G1 Pará